Fabrik’Art realiza primeira jornada cultural com escolas de Curitiba

© DIREITOS RESERVADOS 2019 | ORGULHOSAMENTE CRIADO POR FABRIK'ART

CPF: 11.866.957/0001-31

Rua Nunes Machado, 472 - Cj. 907

Centro - Curitiba / PR - Brasil - CEP: 80250-000

Tel: (41) 3538-2991

fabrikartbrasil@gmail.com 

Prazo máximo de 01 dia para entrega.

  • Blog FabrikArt Brasil
  • Instagram - FabrikArt Brasil
  • Facebook - FabrikArt
  • FabrikArt

Fabrik’Art realiza primeira Jornada Cultural com escolas de Curitiba

Atualizado: 7 de Mai de 2019


No primeiro final de semana de agosto, a Fabrik'Art e representantes das escolas ... (Amplação, Cantinho do Céu, Integral, Vila Sofia, Semeador do Saber e Sonho Meu) estiveram na capital paulista numa jornada de conhecimento e emoção. A Jornada Cultural São Paulo, idealizada à vários meses pela Fabrik’Art, visitou museus, galerias, exposições e outros locais famosos de arte, cultura e entretenimento.

Na manhã de sábado dia 06, a programação iniciou-se com um hábito bem paulistano que é o café da manhã em padaria. E o local escolhido foi a padaria Le Pain Quotidien, franquia francesa presente em vários países, localizada em um dos bairros mais charmosos e badalados de São Paulo, a Vila Madalena.



Preparados para o longo dia de surpresas e dando início ao banho cultural que estava por vir, a primeira parada foi na Galeria Galerize para uma exposição de fotografias de artistas paulistanos.

Já com a emoção aflorando, a próxima parada foi no museu mais famoso de São Paulo, senão do Brasil. Goya, Velasquez, Van Gogh e Portinari, Tarsila e Di Cavalcante entre outros, levaram todos ao encantamento onde obras conhecidas por livros e reportagens se põe ao vivo á frente de todos para uma experiência sensorial inesquecível. É o MASP – Museu de Arte de São Paulo.

Alimentados de saber, a alimentação do corpo foi feito no novo Shopping Cidade de São Paulo. Entre o Masp e o shopping, uma pequena caminhada por um dos mais famosos cartões postais de São Paulo: a Avenida Paulista.




De um museu a outro de metrô. A próxima parada foi por debaixo da terra no metrô paulistano. A linha verde se integra a nova linha amarela com trens sem condutores para chegar até a famosa e histórica Estação da Luz que dá acesso à charmosa Pinacoteca.

O edifício da Pinacoteca, do início do século XX e de tijolos á vista, já sediou exposições como de Miró e Monet e possui um arquivo de arte contemporânea impressionante. O café da Pinacoteca foi ponto de encontro do grupo após visitação.



E se tem uma coisa que tem a cara de São Paulo é a pizza. Contabilizam-se cerca de 5000 pizzarias só na capital. E pra degustar essa iguaria o local escolhido foi a Famiglia Mancini Pizzeria no bairro Bela Vista. Num ambiente aconchegante e elegante onde se aguçam o visual e principalmente o paladar além de repor as energias, foi o momento perfeito para confraternizar sobre todas as experiências incríveis vividas no sábado que se passou.

Sábado á noite na metrópole cultura, a Broadway se abre para todos no Teatro Renault com o musical Wicked – A História Não Contada das Bruxas de OZ, que transportou todos às luzes das artes de Nova Iorque revelando a pluralidade cultural de Sampa. Fim de noite de estrelas.

E domingo em qualquer lugar é dia de feira. Depois de um reforçado café no hotel partimos para o tradicional bairro japonês da Liberdade onde há uma feira muito movimentada com comidas típicas e artesanato. A maior colônia japonesa fora do Japão é quase uma visita à terra do Sol Nascente.

Um dos centros culturais mais conceituados da cidade é o do Banco do Brasil onde várias exposições encantaram a todos principalmente Los Carpinteros, onde artistas de design questionam a utilidade de objetos em detrimento a função estética. Uma nova visão de móveis do dia a dia. Localizado em um edifício histórico construído em 1901, é um dos centros culturais mais visitados do Brasil.


A pausa para o descanso foi no renomado Restaurante América na Paulista. Com estilo americano aliado à descontração, aconchego e sabor a rede, de mais de 30 anos em São Paulo foi excelente pedida para o “grand finale” que se aproximava.

Porém, não sem antes visitarmos a maior Livraria Cultura do Brasil no Conjunto Nacional. Educadores e livros são uma combinação perfeita.

Localizado em outra famosa avenida paulistana, a artista plástica Tomie Ohtake cede o nome a um dos mais importantes institutos culturais da cidade. Tanto, que estava sediando uma importante exposição de ninguém mais ninguém menos do que Pablo Ruiz Picasso. Com a exposição Mão Erudita, Olho Selvagem, a mostra passeia pelas várias fases do artista em pinturas, gravuras e esculturas, incluindo estudos em desenhos que culminaram com o famoso quadro Guernica que por muito tempo esteve na sede da ONU e hoje se encontra no Museu Rainha Sofia, em Madri.



Troca de experiências, muita descontração e animação ainda com sorteio de brindes e muitas expectativas de como levar esse conhecimento todo adquirido para o dia a dia. Grandes desafios. Assim como o desafio da Fabrik’Art de criar novas experiências como esta para vocês, nossos parceiros, onde novas maravilhas em arte e cultura nos inspirem cada vez mais. E se cultura é uma maravilha, o que poderá nos revelar uma cidade maravilhosa? O Rio de Janeiro, antiga capital do Brasil, cidade Olímpica, é o cenário perfeito para novas e mais incríveis experiências.

Porque afinal acreditamos que cultura não se restringe a impressionar nosso olhar com grandes obras penduradas em paredes sépticas sobre refrigerados ambientes. O diferente olhar da realidade que viram esses artistas incríveis deve nos inspirar para mudarmos nossas próprias realidades no viver de cada dia. Como educadores podemos entender as diferentes formas de transmitir conhecimento visando aos educandos várias formas de compreender o mundo.

#cultura #SãoPaulo #JornadaCultural #museus #EscolasdeCuritiba #pinacoteca #Picasso #VilaMadalena #InstitutoTomieOhtake